Facebook remove páginas após denúncia feita por Boas Escolhas


O Facebook removeu nesta quarta-feira (25), 196 páginas e 87 perfis brasileiros que, segundo comunicado da rede, ''violavam as políticas de autenticidade'' da plataforma. ''Essas páginas e perfis faziam parte de uma rede coordenada que se ocultava com o uso de contas falsas no Facebook, e escondia das pessoas a natureza e a origem de seu conteúdo com o propósito de gerar divisão e espalhar desinformação'', diz o texto.


Dezenas dessas páginas haviam sido reportadas ao Facebook pela coluna @Radar em matéria publicada por Boas Escolhas em 25 de junho; relembre.

Dentro dessa ''rede coordenada'' para a divulgação de fake news estão diversas contas associadas ao Movimento Brasil Livre (MBL), entre elas o perfil de Renan Santos, um dos coordenadores do grupo. Pelo Twitter, o MBL se posicionou, dizendo que foram ''derrubados perfis de pessoas reais'', que, se tratavam, dizem, de ''blogs e perfis que eram públicos e apresentavam fontes de tudo que diziam''.


O Facebook não divulgou, em seu comunicado, os nomes das páginas nem conteúdos excluídos. Procurado, disse que não fará. Entre as páginas que estão fora do ar estão as dos sites Jornalivre e O Diário Nacional e a do movimento Brasil 200, grupo de empresários liderado pelo empresário Flávio Rocha, que até a semana passada era pré-candidato à Presidência da República pelo PRB.


Modelos de Curriculum Vitae (Downloads Gratuitos)

Currículo, emprego e cursos certificados

As 10 pinturas mais famosas do mundo