Jovens podem viajar gratuitamente entre Estados de ônibus e trem

Jovens podem viajar gratuitamente entre Estados de ônibus e trem


Atualizado em fevereiro de 2017


Jovens entre 15 e 29 anos agora podem realizar viagens interestaduais de ônibus e trens gratuitamente, desde que apresentem renda familiar de até dois salários mínimos (ou seja, R$ 1.874). O direito, previsto no Estatuto da Juventude, em vigor desde 2013, foi regulamentado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) no início de janeiro. De acordo com dados do governo federal, a medida deve impactar 18 milhões de pessoas.


No Brasil, cerca de 35% dos jovens nessa faixa etária tem renda de até dois salários mínimos segundo informações do último Censo Demográfico realizado pelo IBGE em 2010. A notícia é boa para os jovens e também para o setor turístico.

''Com essa medida, o fluxo de jovens viajando tende a aumentar. Não acredito tanto no impacto para os hoteleiros, já que pessoas nessa faixa etária geralmente não ficam em hotéis. Mas com certeza vai movimentar bares, restaurantes e pousadas de pequeno porte, além de pontos turísticos voltados para jovens'', opina o presidente do Convention & Visitors Bureau, Bruno Herbert.

Cadastro

Para acessar o benefício, os jovens dentro da idade e renda permitidas devem se inscrever no Identidade Jovem, que dispõe de aplicativo e também recebe cadastros pelo site https://goo.gl/7Wtc11. Na hora do cadastro, é requerido o Número de Identificação Social (NIS), atribuído pela Caixa Econômica Federal às pessoas que serão beneficiadas por algum programa ou projeto social.

De acordo com a lei, todos os ônibus que realizam viagens interestaduais devem reservar duas vagas gratuitas para o cumprimento do benefício. Outras duas devem ser asseguradas com desconto de pelo menos 50% do valor total da passagem. O jovem beneficiado deve realizar a compra das passagens até três horas antes do horário programado da viagem.

Estudante e profissional autônomo, Rhanyel Fernandes, 22, viaja pelo menos uma vez a cada dois meses para estados vizinhos. Geralmente, o objetivo do jovem é fazer provas de concurso público ou ir a um congresso universitário. ''Quando tenho um congresso ou evento fora, a passagem pesa. Às vezes, chego a gastar 30% do meu salário assim. Essa medida vai ser muito boa, até porque aliviando de um lado, posso gastar mais com alimentação, por exemplo'', revela ao Cultura Coletiva.




Modelos de Curriculum Vitae (Downloads Gratuitos)

Currículo, emprego e cursos certificados

As 10 pinturas mais famosas do mundo