Ecossexuais acreditam que podem salvar a Terra fazendo sexo com ela

Ecossexuais acreditam que podem salvar a Terra fazendo sexo com ela


Atualizado em janeiro de 2017


O planeta necessita de medidas urgentes. O aquecimento global e a poluição em níveis estratosféricos ameaçam várias espécies – incluindo a humana. Uns se tornam vegetarianos, outros trocam o carro pela bicicleta e há ainda os que só usam produtos recicláveis.


E existem também os ''ecossexuais''. De acordo com reportagem da "Vice", os ecossexuais acreditam que podem salvar o planeta copulando com ele. Sim, você não leu errado. Os ecossexuais literalmente deitam e rolam na terra para ter orgasmos e salvar a Terra.

"Há pessoas que transam com árvores ou se masturbam sob a água de cachoeiras", disse na reportagem Amanda Morgan, da Universidade de Nevada (EUA), estudiosa do movimento.

A ecossexualidade engloba o uso de produtos sexuais sustentáveis e práticas ao ar livre sem roupa.


Ecossexuais convictas e radicais, Annie Sprinkle e Elizabeth Stevens publicaram na internet um manifesto com as diretrizes do movimento. ''A Terra é a nossa amante. Estamos feroz e loucamente apaixonadas", diz o texto.

No manifesto, a dupla se descreve como "polimórfica e pólen-amorosa". Annie e Elizabeth dizem que o movimento já reúne 100 mil adeptos.


"Vamos salvar as montanhas, as águas e os céus por todos os meios necessários. Especialmente pelo amor, pelo prazer e pelos poderes da sedução", diz o documento.