Bebê de 3 meses é internado após usar filtro solar da Peppa Pig

Bebê de 3 meses é internado após usar filtro solar da Peppa Pig


Atualizado em janeiro de 2017


A mãe de um bebê de três meses afirma que um protetor solar causou uma erupção cutânea na pele de seu filho, que precisou ficar internado por duas noites.

Jessie Swan, que vive em Queensland, na Austrália, disse que o menino não estava sob o sol, e que a vermelhidão foi causada quando ela levou o bebê ao ar livre após passar um protetor fator 50, da Peppa Pig, de uma Organização Não Governamental (ONG) que combate o câncer. A mãe divulgou a foto da criança e relatou o ocorrido em um post no Facebook.


"Não compre esse protetor solar. Ele não estava no sol, estava simplesmente ao ar livre, então eu coloquei o protetor nele só para prevenir", contou Jessie.

ONG

Segundo a rede de comunicação "ABC", a ONG declarou que irá investigar o que houve. "Nós gostaríamos de tranquilizar todos que nosso protetor solar foi formulado para ser adequado para a pele delicada quanto possível", afirmaram.