Adeus, roxinho? Nubank deve encerrar operações no Brasil

Adeus, roxinho? Nubank deve encerrar operações no Brasil


Atualizado em dezembro de 2016


Uma das maiores fintechs do Brasil e a emissora de cartão de crédito que mais cresce no país, o Nubank corre o risco de fechar caso o Banco Central aprove, nesta terça-feira (20), uma medida que reduz o prazo de pagamentos das vendas aos lojistas de 30 para dois dias.


Em entrevista para a Folha de S. Paulo, a cofundadora do Nubank, Cristina Junqueira, afirmou que a aprovação da mudança pode representar ''o fim do negócio''. Procurada pelo Boas Escolhas, a assessoria de imprensa do Nubank confirmou as informações divulgadas, ressaltando que o impacto dessas medidas de fato é ''bem significativo''.

Atualmente, as regras do Banco Central estabelecem que, quando um consumidor realiza alguma compra com pagamento no cartão de crédito, o lojista deve receber o valor em 30 dias. A redução deste prazo para somente dois dias é vista pelo governo como uma forma de ''favorecer o varejista e contribuir para a retomada da atividade''.

Os clientes do Nubank pagam sua fatura em cerca de 26 dias e, segundo Cristina, esse valor é utilizado para pagar o adquirente (como a Cielo, Rede e GetNet), que ''leva mais dois ou três dias para pagar o varejista'', completando os tinta dias de prazo. Com a mudança, a empresa teria que pagar o adquirente antes de receber o pagamento das faturas, o que inviabiliza o modelo do Nubank.

Mesmo que o prazo fosse reduzido de trinta para quinze dias, Cristina afirma que não teria como a fintech sobreviver. Ela contou que a redução do prazo pela metade pediria R$ 1 bilhão de capital adicional. Com um prazo de dois dias, a startup acabaria fechando.

Além do Nubank, outras pequenas emissoras de cartão de credito, como o das lojas Renner, Riachuelo e Pernambucanas, também podem se prejudicar com a medida.


Breaking: Nubank está salvo – Banco Central não muda regras de crédito


Modelos de Curriculum Vitae (Downloads Gratuitos)

Currículo, emprego e cursos certificados

As 10 pinturas mais famosas do mundo