Vídeo: "Jornal Nacional" homenageia vítimas de acidente com um minuto de aplausos

"Jornal Nacional" homenageia vítimas de acidente com um minuto de aplausos


A Rede Globo homenageou no "Jornal Nacional" desta terça-feira (29) as mais de 70 vítimas do acidente aéreo envolvendo o time da Chapecoense e jornalistas na Colômbia. Os apresentadores Heraldo Pereira e Giuliana Morrone desceram da bancada e encerraram o telejornal na redação, ao lado de Galvão Bueno, que fez o encerramento pedindo aplausos de toda a equipe, que bateu palmas durante 1 minuto e 20 segundos enquanto o telão do estúdio exibia fotos de jogadores e jornalistas que morreram na tragédia.


"Tem sido um longo dia hoje. Desde a madrugada, os brasileiros acompanharam, aflitos, as notícias da queda do avião", disse Heraldo, substituto de William Bonner, que pediu licença pela morte do pai, William Bonemer. "E um dia que ficará marcado nas nossas vidas", prosseguiu Giuliana, emocionada.

Galvão, que afirmou no telejornal estar cobrindo a tragédia desde a madrugada, sem dormir, encerrou o "Jornal Nacional" com um discurso prestando a última homenagem às vítimas da queda do avião usado pela Chapecoense para viajar até Medellín, onde jogaria a final da Copa Sul-americana contra o Atlético Nacional, nesta quarta.

Além da homenagem no encerramento, o "Jornal Nacional" exibiu os nomes das vítimas do voo da Chapecoense antes de cada intervalo comercial. O telejornal emocionou o público nas redes sociais foi o assunto mais comentado no Twitter.