Enem pode ser cancelado em escolas ocupadas, diz MEC

Enem pode ser cancelado em escolas ocupadas, diz MEC


outubro de 2016


O ministro da Educação, Mendonça Filho, disse que a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pode ser comprometida em 181 escolas do País que estão ocupadas por estudantes contra a reforma do ensino médio e a PEC 241, propostas do governo do presidente da República Michel Temer. Segundo ele, 95 mil participantes farão provas nessas unidades.
Segundo Mendonça, se as unidades não forem desocupadas até 31 de outubro, o Enem será cancelado nesses locais. "Se as escolas não estiverem desocupadas, por razões de segurança, as provas serão comprometidas nessas localidades", disse o ministro, que descartou a possibilidade de realocar a prova desses candidatos para outras escolas por problemas de logística. Ainda segundo o ministro, a Advocacia Geral da União (AGU) já foi acionada para tomar as "providências jurídicas cabíveis" para responsabilizar estudantes e entidades responsáveis pelas ocupações, caso a prova não seja realizada.

"As providências para a responsabilização devem ser tomadas já que o Estado vai ter que cobrir os gastos para a realização de uma nova prova. Mas acredito que a situação não chegue a isso e, até o dia 31, estudantes e entidades, que patrocinam essas ações, colaborem". De acordo com o ministério, caso a prova seja cancelada nessas localidades, os custos da aplicação de um novo exame – cerca de R$ 90 por candidato – serão cobrados judicialmente dos responsáveis pelas ocupações.


Fonte: Ministério da Educação




Modelos de Curriculum Vitae (Downloads Gratuitos)

Currículo, emprego e cursos certificados

As 10 pinturas mais famosas do mundo