Benefícios do xadrez para a educação

Benefícios do xadrez para a educação


Buscando uma nova forma de estimular seus alunos? Xeque-mate! O xadrez, um jogo de tabuleiro criado há séculos na Europa Ocidental, pode ser a ferramenta perfeita para melhorar o desenvolvimento cognitivo das crianças, além da concentração, memória e raciocínio lógico.

A professora de educação física Jaqueline Guerreiro de Mendonça, da Escola Estadual Princesa Isabel, em Manaus, é uma adepta do jogo e estimula os alunos a praticarem as técnicas durantes suas aulas. Em entrevista ao portal do Ministério da Educação (MEC), Jaqueline contou que aprendeu a jogar xadrez em curso de formação continuada para professores de educação física. ''Foi amor à primeira vista'', conta.


Jaqueline leciona a turma do terceiro ao quinto ano do ensino fundamental e acredita que os benefícios do xadrez para os alunos são inúmeros. ''Vejo que os alunos, em um primeiro momento, aprendem a se concentrar, pois cada peça tem um movimento'', explica. ''Depois, vem o exercício da estratégia, pensar em jogadas possíveis''. Para ela, o jogo deveria ser praticado em escolas de todo o país.

Os estudantes que praticam xadrez também tendem a desenvolver uma maior capacidade de solucionar problemas e um melhor poder observador, segundo a professora. Para ela, essas características não são úteis somente para as habilidades do jogo, mas também para a futura vida acadêmica e profissional do aluno.

A diretora da Escola Estadual Princesa Isabel, Maria Aristela Pimentel Matos, também acredita nos benefícios do jogo de tabuleiro para a concentração e o raciocínio. Além disso, a docente adotou as partidas de xadrez como uma alternativa para os estudantes que não eram adeptos das atividades físicas mais convencionais.