Redação do Enem: 3 Tipos de conclusão para usar na prova

Redação do Enem: 3 Tipos de conclusão para usar na prova


Um dos aspectos fundamentais na redação é justamente a conclusão: o aluno deve ter em mente qual é a melhor maneira de terminar o seu texto, de modo que ele termine de uma forma coerente e coesa.

Confira a seguir três tipos de conclusão mais adequados para encerrar a sua redação no Enem:




1. Dedução

A conclusão por dedução é uma decorrência de todo o raciocínio desenvolvido ao longo da redação. Essa forma de encerramento, em geral, utiliza conjunções conclusivas, como por exemplo: logo, portanto, pois (posposto ao verbo), então, assim, por isso, por conseguinte, de modo que, em vista disso, entre outras. No caso da conjunção ''portanto'', vale lembrar que, nas conclusões de sentido amplo (aquelas que funcionam apenas como desfecho do texto), a sua utilização não é recomendada. Isso porque a relação entre o parágrafo final do texto com os anteriores é apenas de acréscimo, ou seja, não é uma decorrência de tudo o que foi escrito anteriormente.

2. Síntese

Essa técnica consiste em sintetizar as ideias que foram abordadas ao longo da dissertação, confirmando a tese que normalmente aparece na introdução do texto. Essa forma de introdução é a mais adequada para garantir a coerência do texto.

3. Intervenção

Essa técnica é obrigatória na redação do Enem. Trata-se de elaborar uma sugestão para solucionar o problema posto em debate na proposta de redação. Certamente, não é possível propor uma solução ''milagrosa'' para determinada situação em pouco mais de cinco linhas. Por essa razão, esse tipo de conclusão é denominado intervenção, e não apenas ''solução''.

Aplique essas técnicas durante a elaboração do seu texto e garanta uma boa pontuação na redação!




Modelos de Curriculum Vitae (Downloads Gratuitos)

Currículo, emprego e cursos certificados

As 10 pinturas mais famosas do mundo