+A +/- -A

10 Dicas para ser um ótimo professor

10 Dicas para ser um ótimo professor


O sucesso profissional dos professores é um processo intrinsecamente ligado ao tipo de relacionamento que cria com a turma de alunos. Assim, em um primeiro momento, é interessante que os docentes criem estratégias para atrair a confiança dos estudantes e, a partir de então, investir no que acredita ser a melhor opção para passar os conhecimentos que adquiriu ao longo dos anos para os alunos.

Salas de aula nas quais os alunos e o professor sentem um respeito mútuo e estão lutando pelos mesmos objetivos acadêmicos costumam ter resultados mais positivos ao final do ano letivo do que outras que não estabelecem essa relação. Assim, se você é professor, confira a seguir, dez dicas para melhorar a sua relação com sua turma.


Confira também: Como estimular a sua criatividade


1. Estabeleça um programa de ensino

Para ser respeitado pelos alunos, o professor precisa mostrar a eles que é organizado, já que planeja as aulas com antecedência e investe em materiais complementares, além de estabelecer regras de conduta do ambiente escolar. Assim, os estudantes percebem que há um grande planejamento para cada uma das aulas, tornando-os mais próximos dos docentes. Outro fator que colabora para a boa aceitação do professor é que ele compartilhe com a classe, logo na primeira semana de aula, quais as expectativas para o ano letivo e os objetivos que precisam cumprir juntos. Dessa forma, os alunos e os docentes estabelecem uma espécie de guia para o bom relacionamento ao longo do ano.

2. Seja apaixonado pela profissão

O ânimo dos professores que realmente se identificam com a profissão é responsável por contagiar os alunos e, consequentemente, fazer com que fiquem mais atentos às aulas e entusiasmados com a aprendizagem de novos assuntos. Ao perceberem o quanto o docente se dedica para que a turma tenha o melhor rendimento possível, passam a valorizar mais as aulas e as indicações de estudo extracurriculares dos docentes.

3. Seja positivo

O bom humor é uma característica pessoal capaz de contagiar todos que estão ao redor e, por isso, você deve adquiri-la para que sua classe esteja sempre alegre. Assim, você precisa estar atento para não permitir que questões do seu âmbito pessoal interfiram na sua dinâmica de ensinamentos e não estraguem suas aulas. Tente sempre ver o lado positivo das situações para que nada exterior interfira em suas aulas.

4. Utilize o humor na sala de aula

Como os alunos estão inseridos em um universo com milhares de distrações, você precisa combatê-las e encontrar formas de que a atenção dos alunos esteja focada na sua apresentação. Uma das melhores formas de conseguir isso é mesclando momentos de exposição de conteúdos densos com piadas e brincadeiras, que quebram a tensão gerada pela complexidade de conhecimentos.

5. Encontre maneiras de tornar o aprendizado divertido

Com o passar dos anos, o modelo educacional se alterou drasticamente e hoje incluir diversão nas salas de aula é uma premissa para o bom rendimento escolar. Geralmente, propostas criativas fazem com que os alunos se sintam mais engajados a participarem das aulas e a aprenderem.

6. Aproveite os interesses dos estudantes

Todo professor precisa ter a capacidade de identificar quais as predileções da turma para poder utilizar essas informações a seu favor. Por exemplo, você pode escolher uma banda famosa do momento para ilustrar algum conteúdo que você está ensinando. Dessa forma, os estudantes se identificam ainda mais com você, porque percebem seu esforço de relacionar temas que gostam para a aula, que nem sempre desperta a empolgação.

7. Conte histórias

Mais uma vez com o intuito de suavizar a densidade da aula, mescle os conteúdos programáticos com histórias que sejam pertinentes ao momento de estudo. Esse momento faz com que os alunos relaxem um pouco e que aqueles que estavam desatentos voltem a focar a atenção em você.

8. Se interesse pela vida pessoal dos alunos

Como a vida não se resume à escola, mostre que você se preocupa com a sua turma e gostaria de saber mais sobre eles. Assim, você deve incentivar que os alunos realizem as atividades de lazer que gostam e também pensar em lições de casa que não sobrecarreguem a rotina do estudante.

9. Respeite os alunos

Para que os estudantes estabeleçam uma relação de respeito com você, é essencial que você os trate da mesma forma. Em nenhum momento você deve adotar uma postura de superioridade, porque assim estará destruindo toda a confiança que criou ao longo do tempo com a turma. Consequentemente, o rendimento educacional será afetado.

10. Esteja disposto a ajudar os alunos

Embora você se dedique ao máximo para que todos os alunos adquiram os conteúdos da mesma forma, esteja disposto a ajudar alguns deles em horários alternativos. É uma boa ideia fornecer aulas particulares ou fichas extras de exercícios, por exemplo.