8 Truques que os supermercados usam para fazer você comprar mais

8 Truques que os supermercados usam para fazer você comprar mais


Todas as vezes que você vai fazer compras em um supermercado, existem alguns truques para que você acabe levando o que não precisa – elevando os lucros da rede.

Não são todos os supermercados que fazem isso, mas é bom saber deles e tentar ser o mais racional possível na hora da compra. Afinal, comprar o que você não tem necessidade é o maior inimigo do controle financeiro: não há nada pior do que jogar dinheiro fora, não é mesmo?


Confira também: Três xícaras de café por dia podem prevenir Alzheimer
Confira também: Vale a pena desligar o Wi-Fi do celular para economizar bateria?


O especialista Martin Lindstrom contou ao site norte-americano Market Watch o que faz com que você compre mais dentro de um supermercado.

1) O carrinho de compras: O primeiro fator para impulsionar as compras é o carrinho de compras. Quanto maior, melhor: um carrinho ''semi-vazio'' lhe dá a impressão de que você comprou pouca coisa, o que ajuda as pessoas a pegarem mais produtos. Como consequência, nos últimos 25 anos, eles dobraram de tamanho.

2) Sentido anti-horário: Muitos supermercados são construídos de forma que você ande por eles no sentido anti-horário, com os principais produtos na sua direita. Isso tem uma explicação simples: a maioria da população é destra e acaba pegando mais itens com a mão direita do que com a esquerda.

3) Produtos frescos e flores na entrada: Ao entrar numa loja com produtos frescos e flores na entrada, a ideia é fazer com que os clientes pensem que todos os produtos dentro também estejam frescos. Há outras formas de fazer com que tudo esteja bem: um recipiente de madeira e cores alinhadas com os produtos. Até mesmo a adega de vinhos dos supermercados é feita de uma forma que lhe atraia para comprar.

4) Itens mais vendidos possuem preços atraentes: Para esconder preços altos, os supermercados fazem com que os itens mais vendidos estejam com preços menores, enquanto os outros compensam. Ao fazer com que os preços dos produtos mais vendidos sejam baixos, os supermercados levam os consumidores a acreditar que todos os produtos estão com preços baixos.

5) Negócios supostamente atrativos: Há diversos negócios que parecem atrativos, mas não necessariamente o são – e estes te empurram produtos que você não precisa. Promoções do tipo "pague 10 e leve 11" não lhe beneficiam se você só precisa de 1 unidade daquele produto em questão.

6) Cuidado com os filhos: Para impedir que os filhos apressem seus pais durante uma compra, muitos supermercados fizeram carrinhos com formatos diferentes, para agradar crianças. Isso impede que a compra seja abreviada pela presença dos impacientes filhos e ainda permite que eles pressionem os pais a comprar coisas que os pais não comprariam. 

7) A posição dos elementos mais comprados: Alguns dos elementos mais comprados em uma lista, como ovos, leite e pão, estão sempre longe dos outros. A lógica é simples: te obriga a andar pelo supermercado e escolher coisas que não seriam compradas de outra forma.

8) Umidificador de vegetais: Muitos supermercados usam umidificadores para fazer com que vegetais pareçam mais frescos na hora de serem escolhidos. Isso lhe dá a impressão de que esse item realmente é mais fresco. Alguns supermercados até deixam um barulho artificial de água, que fortalece essa ideia na cabeça. Mas cuidado: esta prática encarece o produto.