7 Características fundamentais para quem quer trabalhar em casa

7 Características fundamentais para quem quer trabalhar em casa


Trabalhar em casa não é para todos. Se você não consegue ficar longe do ambiente do local de trabalho, da política do escritório, ou das fofocas de corredor, por exemplo, o home office pode deixá-lo insatisfeito e desmotivado.


Confira também: 12 Erros que você deve evitar ao criar um site


De acordo com a Revista Inc., existem algumas características que ajudam o profissional a ser mais produtivo e desenvolver um ambiente de escritório em casa. Confira abaixo:

1. Auto-motivação:

Esta talvez seja a característica mais importante que os profissionais precisam ter para prosperar em um ambiente de home office; trabalhar sozinho tem suas vantagens, mas falta a motivação externa.

Aqueles que conseguem trabalhar em casa têm um espírito empreendedor: eles estão sempre chegando com novas ideias, prosperam com o mínimo de orientação e assumem a responsabilidade dos resultados de suas ações.

2. Boa comunicação:

A capacidade de se comunicar bem é útil, independente do ambiente de trabalho, mas, para os que trabalham em casa, esta é uma necessidade absoluta. Como a maior parte de sua comunicação será realizada via telefone ou e-mail, é importante que o funcionário seja capaz de expressar-se de forma clara e sucinta.

Dada a falta de sinais não verbais ao se comunicar virtualmente, transmitir uma mensagem às vezes é mais complicado do que você pensa; por exemplo, comunicar frustração é fácil quando você está em pé ao lado da pessoa, mas expressá-la por e-mail (sem desviar a conversa ou ser mal interpretado) pode ser difícil.

3. Desenvoltura:

Quando você trabalha em casa, haverá muitas vezes que você irá se deparar com um problema ou assunto e precisará resolvê-lo sem ajuda ou conselhos de colegas.
Você é capaz de identificar de forma independente a raiz de um problema? Você é um pensador crítico? Você se sente confiante de lidar com a crise? Estas são perguntas importantes a serem respondidas quando se trabalha de forma independente.

4. Saber de informática

Os trabalhadores de home office não têm o luxo de um departamento de TI. Quando seu computador travar ou precisar configurar uma videoconferência ao vivo, será tudo responsabilidade sua.

É importante ter pelo menos um conhecimento básico das ferramentas e software usados para a comunicação dentro da empresa e com os clientes para ter um trabalho produtivo.

5. Capacidade de auto-avaliação

Uma das maiores desvantagens de trabalhar em casa é a falta de feedback externo. Por esta razão, ser capaz de avaliar de forma independente o seu trabalho e os pontos fortes e fraquezas pessoais é extremamente importante.

6. Independência

Você deve ter ouvido que os introvertidos trabalham melhor no sistema home office, enquanto os extrovertidos rendem mais em um escritório. Este não é sempre o caso. A chave não é o tipo de personalidade, e sim, a capacidade de fazer o melhor trabalho quando está sozinho.

7. Confiança

Finalmente, a fim de prosperar, em casa, os trabalhadores devem ter um alto grau de confiança em suas habilidades e conhecimentos. Haverá muitos momentos em que o trabalhador precisa tomar decisões independentes e deverá aceitar as consequências de suas decisões.

Também é preciso se sentir confortável dando opiniões e comentários sem sempre saber o que aqueles ao seu redor vão dizer. Em um ambiente de escritório, muitas vezes você vai ter uma sensação geral para os estados de espírito ou pontos de vista de seus colegas.


  

Modelos de Curriculum Vitae (Downloads Gratuitos)

Currículo, emprego e cursos certificados

As 10 pinturas mais famosas do mundo