Como desenvolver a humildade na liderança

Como desenvolver a humildade na liderança


O que a humildade tem a ver com liderança? Atualmente, vivemos em uma sociedade que confunde fama com sucesso. Celebrar seus feitos e acreditar na sua referência pode ser alarmante, quando o instinto baseado na autoconfiança ultrapassa os limites e atrapalha a convivência em grupo.


Confira também: 10 Características de futuros líderes


Importância da humildade



A capacidade de confiar em si mesmo para realizar uma tarefa, ou ao exercer uma determinada função, deve ser firme o bastante para ajudar a ter iniciativa e cumprir suas tarefas.

Mas, ao mesmo tempo, deve ser equilibrada com atitudes que encorajem o trabalho em equipe, através da habilidade e eficiência em envolver seus pares e demais profissionais.

Dentro do ambiente corporativo, existe uma força que encoraja e impulsiona os instintos para que bons resultados sejam alcançados. Aos poucos, essa busca vai gerando autoconfiança, mas, quando essa confiança torna-se exagerada e vira arrogância é um sinal de que existe um poder de superestimar a si mesmo e a sua capacidade.

Ninguém é perfeito e é através do trabalho em equipe e do aprendizado como um todo que podemos melhorar.


Existem inúmeros motivos para ser humilde em seu ambiente de trabalho, independente se você ocupa um cargo de liderança ou não, veja alguns deles:


Ao ser humilde, é possível ampliar suas conexões com os colegas de trabalho e melhorar sua rede de contatos.


A falta de humildade é um sinal de que existe uma perda de conexão com a realidade. Provavelmente, você está superestimando suas capacidades.


A humildade inspira lealdade, construa uma equipe de trabalho produtiva e reduza a rotatividade de profissionais.



Princípios da humildade na liderança


O líder humilde consegue melhores resultados e esse deve ser um passo real no desenvolvimento da liderança. Ser humilde não significa ser manso, fraco ou indeciso, ser humilde significa crescimento em grupo. O individualismo excessivo é prejudicial em qualquer trabalho em grupo. A falta de empatia e a hipersensibilidade a críticas pode ser um sinal vermelho.

O líder que faz parte de uma organização, deve estar preparado para evitar problemas com sua equipe e deve ser um exemplo através das suas condutas. Por isso, é importante ser humilde.


Veja alguns princípios importantes para quem ocupa a liderança:


Ninguém é melhor do que ninguém ou o mestre do universo. Certamente você pode se sobressair em uma determinada função ou área, mas sempre vai ter algo que você vai precisar delegar ou se especializar.

Cuidado para não criar uma imagem distorcida de si próprio. Achar que você é o melhor em tudo pode ser prejudicial ao seu desempenho real, pois a prepotência cega ilude seus julgamentos.

O mundo está cheio de pessoas competentes e brilhantes. Não se iluda, pois é muito fácil encontrar um profissional brilhante, ambicioso e audacioso como você.

Promova o trabalho em equipe e desperte a liderança nos demais profissionais em sua equipe, isso ajuda a formar uma equipe forte e preparada para as adversidades.

Abra espaço para ouvir seus colegas de trabalho. As ideias criativas podem surgir e ser aproveitadas dentro da organização.

Mantenha a curiosidade ativa, a busca de novos conhecimentos ajuda a despertar o interesse de todos os subordinados e colegas de trabalho.

Esses princípios certamente não vão fazer mágica, mas com toda a certeza podem ajudar a melhorar a conduta de um líder em muitos aspectos.


Confira também: Etiqueta corporativa: Algumas dicas fundamentais