10 Atitudes que promovem o equilíbrio na gestão

10 Atitudes que promovem o equilíbrio na gestão


Os modelos modernos de liderança reconhecem várias características como essenciais na conduta de um líder. Dentre tais características, o equilíbrio é fator fundamental. Sua ausência reduz a eficácia da liderança, prejudica qualquer projeto e os resultados esperados.


Confira também: 10 Qualidades que todo bom líder deve ter, de acordo com a Forbes


Liderança equilibrada

Todo líder deve atuar conduzindo suas equipes, protegendo e aumentando a versatilidade e o impacto das suas ações. A falta de qualidades específicas fica clara, a medida que começam a surgir uma série de desempenhos inadequados.

Os problemas podem tomar proporções enormes. Por isso, prevenir sempre foi a melhor solução. Mas, como prevenir problemas na gestão? É preciso identificar o desequilíbrio para saber o que é que está impedindo o desenvolvimento de uma gestão eficaz.

Quem não é versátil, corre o risco de demonstrar baixos níveis de desempenho. A versatilidade contribui para uma maior habilidade e abordagens corretas em diferentes situações.

A liderança forte pode ser definitiva para o sucesso de uma carreira e até mesmo para o crescimento das organizações.

Para medir a falta de equilíbrio, algumas organizações utilizam avaliações 360 graus, através das quais é possível projetar e medir como anda o índice de versatilidade na liderança.

Como desenvolver o equilíbrio na gestão

Estar sempre atento, utilizar ferramentas analíticas e observar, são ações importantes e que ajudam o gestor na busca pelo equilíbrio. A equipe deve estar alinhada com os projetos e objetivos e o gestor deve conhecer a sua equipe para favorecer o alcance dos resultados. Algumas atitudes contribuem para melhorar o clima e o equilíbrio das equipes:

1 – O líder versátil deve sempre ter ideias opostas em sua mente e, mesmo assim, demonstrar continuamente a capacidade de funcionar conscientemente.

2 – O líder deve melhorar a si mesmo e todos os seus subordinados.

3 – O desequilíbrio pode ser analisado pelo desenvolvimento desigual das habilidades, além dos modelos mentais distorcidos e valores inadequados.

4 – Delegar e conduzir sua equipe a uma direção comum, são fatores essenciais para o sucesso e equilíbrio da equipe.

5 – A comunicação eficaz contribui para a cooperação entre os colegas e para um bom clima de trabalho em equipe.

6 – Problemas de desempenho devem ser tratados individualmente.

7 – O foco deve ser acentuado e compartilhado claramente com todos os envolvidos.

8 – A dificuldade de adaptação para desenvolver habilidades necessárias para execução de certos trabalhos deve ser uma preocupação do líder, assim como a eficácia das qualidades de liderança e habilidades já existentes dentro da equipe.

9 – A valorização do profissional melhora o equilíbrio das equipes. Aprenda a conduzir e orientar os profissionais para tarefas que lhe dão prazer e que utilizem o seu potencial. A distribuição das tarefas é extremamente importante para o equilíbrio da equipe.

10 – Tudo que é exagerado influencia o equilíbrio na liderança e a prática da gestão.


Confira também: 5 Coisas que um líder deve evitar