Como adquirir horas complementares

Como adquirir horas complementares (extra-curriculares)


Independente da escolha profissional, essa oportunidade contribui para alavancar a carreira.

Ao ingressar na faculdade, muitas pessoas ficam um tanto quanto perdidas no que condiz às horas referentes às atividades complementares. Há muitos cursos que exige esse item no currículo como Medicina, Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Turismo, Direito, entre muitos outros, por agregarem conhecimento na área de interesse profissional do aluno. Além disso, as atividades complementares propiciam habilidades extracurriculares que agregam o aprendizado junto ao curso na universidade.


Confira também: Ideias para conciliar faculdade e emprego


Atividade complementar: Onde fazer?

As atividades complementares variam de universidade para universidade, então, é importante conversar com o coordenador do curso para ter certeza de quais instituições são válidas para contabilizar as horas complementares. Por ser uma exigência burocrática, é preciso de uma documentação que comprove a atividade, com assinatura e carimbo para que ele seja deferido pela faculdade. Tenha em mente que a escolha da atividade deve remeter ao curso de graduação. Não adianta fazer Direito e investir em uma palestra sobre culinária.

Palestras, congressos e simpósios são ótimos para alavancar umas boas horas complementares, sem contar que contribuem e muito para agregar valor ao curso de graduação. Para aqueles que não têm tempo, os cursos online tem sido uma saída cômoda e rápida, mas nem por isso é motivo para você fazer qualquer um, pois eles também precisam emitir a documentação de validação. Atente-se a esse detalhe ou um tempo precioso será despendido a troco de nada.

O CIEE, a Fundação Getúlio Vargas e o Boas Escolhas são exemplos de instituições que oferecem atividades que contam como hora complementar e geram certificados, sem sair de casa. Sem contar que você pode fazê-los em qualquer horário, sem se desesperar. Diariamente recebemos alunos indicados por diversas universidades conceituadas de todo o Brasil.

É fato que ir atrás das horas complementares costuma dar uma dose de dor de cabeça para quem tem o hábito de deixar as coisas para a última hora.  Entre o trabalho, provas e muito material para estudar, correr atrás delas torna-se um detalhe deixado para mais tarde, praticamente no final do curso. Entre fazer as atividades complementares e a monografia, inicia-se a briga em decidir no que dar prioridade, pois ambas têm o poder de barrar a retirada do diploma quando a graduação for concluída.

Sendo assim, as atividades complementares são uma ótima oportunidade para adquirir vivência profissional. Por isso, quanto mais cedo você investir nelas, melhor, pois muitas oportunidades podem ser bem aproveitadas.