+A +/- -A

Vegetariana é detida após bater de propósito em caminhão para libertar galinhas

Vegetariana é detida após bater de propósito em caminhão para libertar galinhas


Atualizado em março de 2017



Uma vegana foi recentemente detida na Georgia, nos Estados Unidos, após perseguir e bater propositalmente duas vezes em um caminhão que transportava galinhas.

Segundo informações do "The New York Post", a americana de 26 anos, Judith Armstrong avistou o veículo enquanto estava dirigindo por uma rodovia no último dia 21 de fevereiro. Ela teria colidido contra a lateral do caminhão, fazendo o motorista parar na autoestrada. Mesmo estacionado, Judith teria ainda avançado com o próprio carro sobre o outro.

Quando o motorista conseguiu sair do carro e chamar a polícia, a jovem já havia deixado o local e fugido, deixando para trás a placa que se desprendeu do veículo no momento das batidas. As autoridades foram então capazes de rastrear a mulher e a detiveram.


Na delegacia, Judith confessou aos policiais que cometeu o crime por conta do seu estilo de vida vegana. Jeff Vaughn, delegado responsável pelo caso, declarou à publicação: "Ela pensou que estava protegendo a vida dos pintinhos. Eles estavam a caminho de uma fábrica de processamento".

De acordo com o site, a mulher foi submetida a um teste de embriaguez e foi constatado que ela havia ingerido bebidas alcoólicas. Ela irá responder segundo as leis do país por agressão, fuga, condução agressiva e por dirigir embriagada.