+A +/- -A

Motorista para ônibus lotado e impede que mulher pule de ponte

Motorista para ônibus lotado e impede que mulher pule de ponte


Atualizado em março de 2017


Dirigindo um ônibus lotado, o motorista Damone D. Hudson não pensou duas vezes ao ver uma mulher que ameaçava se jogar de uma ponte em Dayton, no estado de Ohio (Estados Unidos): parou o veículo e foi até ela para tentar evitar uma tragédia.

Ao descer do veículo, naquela manhã de 16 de fevereiro, ele tinha certeza que poderia ajudá-la. "Ei, senhorita, por que você não volta para esse lado?", perguntou ele para a mulher, que segurava uma mochila e estava de costas para a estrada, no vídeo gravado pela câmera do ônibus (disponível no fim da matéria).


Em seguida, ele tentou acalmar a mulher e ofereceu um abraço. "Eu sabia que precisava conversar com ela", explicou Hudson em comunicado divulgado pela empresa de ônibus. "Eu fui até ela e simplesmente comecei a falar, perguntei se ela queria um abraço. Não tentei ser heroico, apenas vi alguém que não parecia estar bem e quis fazer uma conexão".

A intervenção dele foi essencial, pois garantiu que a polícia chegasse a tempo de convencer a moça a sair da beirada. Depois que ela estava em segurança, o motorista voltou ao ônibus e seguiu viagem impactado pelo que havia acontecido.

"Eu sei que a luta de cada pessoa é diferente e que todo mundo está passando por alguma coisa, mas você sempre precisa continuar", declarou ele à emissora WHIO. "A vida é uma montanha-russa, certo? Você vai para cima e desce, mas tem que pensar 'eu vou voltar para o alto', e espero que ela esteja assim agora".

Hudson será homenageado pela empresa em uma reunião marcada para 7 de março.