+A +/- -A

CET desmente mensagem sobre aumento de vias no rodízio de SP

CET desmente mensagem sobre aumento de vias no rodízio de SP


Atualizado em março de 2017


Você recebeu recentemente pelo WhatsApp algum aviso de que seriam incluídas novas vias no rodízio municipal de veículos em São Paulo? Pois fique atento, ele não é verdadeiro.

A mensagem cita que avenidas importantes como a Aricanduva e a Radial Leste (na Zona Leste) e a Roberto Marinho e a Interlagos (na Zona Sul) serão adicionadas à área de proibição de circulação a partir de abril.


O alto número de pessoas trocando mensagens com a falsa lista fez com que a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) emitisse um alerta aos motoristas da capital:

"A CET informa que não haverá ampliação da área do rodízio municipal de veículos. As mensagens que estão circulando pela internet sobre possível alteração não são verdadeiras. Lembramos que durante o rodízio a operação restringe a circulação de veículos no Anel Viário da Cidade nos períodos da manhã, das 7h às 10h, e da tarde, das 17h às 20h".

"Ficam impedidos de circular os automóveis e caminhões no Centro Expandido, incluindo as vias que delimitam o chamado Minianel Viário, formado pelas marginais Tietê e Pinheiros, avenidas dos Bandeirantes e Afonso D´Esccragnole Taunay, Complexo Viário Maria Maluf, avenidas Tancredo Neves e Juntas Provisórias, Viaduto Grande São Paulo e avenidas Professor Luís Inácio de Anhaia Melo e Salim Farah Maluf", informa a companhia.

Mapa, placas e penalizações

Veja aqui o mapa com a área delimitada pelo rodízio e abaixo as placas proibidas de acordo com os dias da semana:


Segundo a CET, transitar em locais e horários não permitidos pela regulamentação prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) implica infração de trânsito de nível médio, resultando em multa no valor de R$ 130,16 e acréscimo de quatro pontos no prontuário.