+A +/- -A

Homem com Síndrome de Down celebra 77 anos

Homem com Síndrome de Down celebra 77 anos


Atualizado em fevereiro de 2017



O homem vivo mais velho do mundo, portador da Síndrome de Down, Kenny Cridge acaba de celebrar 77 anos. Nascido quando a expectativa de vida para pessoas com o distúrbio genético era de apenas 12 anos, Kenny surpreendeu os médicos e sua família que acreditavam que ele havia nascido morto quando foi colocado ao lado de irmã gêmea Dorothy Cridge e, posteriormente, declarado como prematuro.

Apesar da baixa probabilidade de sobreviver, o homem cresceu bem e saudável com o cuidado dos familiares e foi reconhecido em 2008 pelo Guinness World Records com o título. Nove anos depois ele ainda está forte e se tornou o queridinho da casa de repouso onde mora atualmente.


"Agora as pessoas com síndrome de Down são tratadas de forma igual e com respeito. Mas a minha avó conta que não era assim nos dias passados. Ela lutou muitas batalhas por ele e realmente devotou sua vida ao Kenny. O pai dele, que o adorava quando era pequeno, tinha uma bicicleta com carrinho no lado e o Kenny costumava dirigir por aí e ir aos locais públicos", contou Marie Shooton, sobrinha do senhor ao "Daily Mail".

Atualmente, o título de homem mais velho do mundo com Síndrome de Down pertence ao americano Bert Holbook, falecido em 2012 aos 83 anos. Dollie Grissom, por sua vez, é a mulher mais velha com Down, viva com 73 anos.