+A +/- -A

71% dos brasileiros mantêm os planos de estudar no EUA, mesmo com Trump

71% dos brasileiros mantêm os planos de estudar no EUA, mesmo com Trump


Atualizado em fevereiro de 2017



Uma pesquisa realizada pelo Hotcourses Group com os seus usuários globais comprovou que os estudantes internacionais continuam a considerar estudar nos Estados Unidos mesmo após a eleição de Donald J. Trump e as suas controversas propostas anti-imigração.

Os dados foram coletados entre 11 e 24 de novembro de 2016. Apesar da onda de incertezas e inquietações sobre a concessão de vistos, tanto de turista quanto de estudante, e as regras imigratórias para os EUA, a pesquisa realizada mostra que 58% de 6.744 participantes ainda iriam estudar no país – 43% responderam ''sim, definitivamente'' e 13% ''provavelmente sim''.

Os respondentes são estudantes do Brasil, Vietnã, Tailândia, Rússia, Oriente Médio, Turquia, China e outros países da América Latina. Entre os brasileiros, a porcentagem é ainda maior: 49% definitivamente ainda consideram os EUA e 22% responderam que provavelmente ainda iriam para o país, totalizando uma aprovação de 71%.

Resultado entre os respondentes brasileiros: Você consideraria estudar nos Estados Unidos após a eleição do Trump?

49% – Sim, definitivamente

22% – Provavelmente sim

19% – Provavelmente não

6% – Sem chances


Fonte: Hotcourses Group