+A +/- -A

Ativista recria foto com menino abandonado por ser "bruxo"

Ativista recria foto com menino abandonado por ser "bruxo"


Atualizado em fevereiro de 2017


Um ano depois, a ativista dinamarquesa Anja Ringgren Lovén recriou a emblemática foto com o garoto nigeriano que foi abandonado pela família por ser acusado de "bruxaria".

Na nova imagem, o pequeno Hope (Esperança, em inglês), agora com três anos, aparece novamente tomando água oferecida por Anja. Dessa vez, entretanto, não está em estado de desnutrição, mas totalmente recuperado.


"Em 30 de janeiro de 2016, eu fui em uma missão de resgate com David Emmanuel Umem, Nsidibe Orok e nosso time nigeriano. Uma missão que viralizou, e hoje completa exatamente um ano que o mundo conheceu um garotinho chamado Hope", escreveu a ativista ao publicar as imagens em sua conta no Facebook, e ainda aproveitando para anunciar uma boa notícia: "Hope começa a ir para a escola nesta semana".

À época da missão que salvou a vida de Hope, o menino vivia nas ruas de Uyo, no sul da Nigéria, e alimentava-se de migalhas que encontrava no chão.

A foto que mostra Anja, que é criadora da Fundação para o Desenvolvimento e Educação de Crianças Africanas, e o garoto correu o mundo e tornou-se mais um dos símbolos da situação precária de crianças largadas pela família por serem consideradas bruxas.

Dois dias depois de ter pedido ajuda para pagar as extensas contas médicas da criança, Anja recebeu US$ 1 milhão em doações de todos os lugares do mundo.