+A +/- -A

Repórter da Globo é assaltada e diz que não morreu porque arma de bandido falhou

Repórter da Globo é assaltada e diz que não morreu porque arma de bandido falhou


Atualizado em janeiro de 2017


A jornalista Nathália Dielú, da Rede Globo, relatou no seu perfil do Facebook que foi assaltada por quatro homens no Recife, em Pernambuco e que um deles tentou atirar nela por três vezes, mas que a arma utilizada por ele falhou. A investida, na qual a repórter teve o veículo e outros pertences roubados, ocorreu no último domingo (8).


Na publicação, a repórter, que atualmente integra a equipe do ''Globo Esporte'', narra como tudo ocorreu e agradece a Deus por estar viva. "De um domingo traumático que eu jamais vou esquecer: fui assaltada por quatro homens, levaram meu carro, tudo. Tentaram disparar três vezes, mas a arma falhou. Nas três vezes. Deus me guardou, me amparou. Entendi o recado: tenho muito a fazer nessa vida ainda. Estou agradecida, ao mesmo tempo que sinto o corpo arrasado. Mas no fim, tá tudo bem. Tou viva. Viva!", escreveu a jornalista na rede social no mesmo dia do roubo.

Após o post, Nathália recebeu dezenas de mensagens de apoio dos amigos e, na última segunda-feira (9), fez mais uma publicação agradecendo aos seguidores. "Gente, obrigada por tantas mensagens incríveis e positividade. Nem todo mundo um dia poderá (e muito menos deverá) sentir a proporção de terror psicológico e do trauma de um assalto. Muito menos de ser mulher num assalto com quatro homens drogados e descompensados", afirmou.

A polícia investiga o caso.