+A +/- -A

Com paladar diferenciado, mulher já comeu cerca de 5 toneladas de terra

Com paladar diferenciado, mulher já comeu cerca de 5 toneladas de terra


Atualizado em janeiro de 2017


Fan Qianrong, de 55 anos, ganhou fama em todo o condado de Jingxing, província de Hebei, China, há décadas por gostar de comer terra.


"Eu não ouso comer a terra daqui, é muito escura", afirmou Fan ao lado da sua residência, na vila de Qingquan, ao jornal chinês Global Times. "Eu acho que o solo da minha aldeia é mais saboroso".

Seu hábito incomum começou há uns 50 anos, quando ela provou terra pela primeira vez enquanto limpava a casa. "Eu como no máximo 500 gramas por dia", detalhou Fan. "Então, no total, já comi cerca de 5 toneladas", contabiliza.

Por enquanto nenhum médico considerou o hábito da chinesa como arriscado para a saúde. Os especialistas acreditam se tratar de um caso de alotriofagia – distúrbio raro entre seres humanos de apetite por coisas ou substâncias não alimentares – giz, argila ou solo.

Previne problemas de saúde? De acordo com Fan, a terra comida por ela previne problemas de saúde. Recentemente ela utilizou a última parte do estoque de terra da cidade natal, considerada por ela como a melhor, para curar feridas que surgiram no corpo do seu neto.

"Eu dei uma pausa. Se não for terra da minha cidade, não consigo comê-la", completou a chinesa com paladar diferente.


Fonte: Global Times