+A +/- -A

Apostador só descobre que ficou milionário um ano depois

Apostador só descobre que ficou milionário um ano depois


Atualizado em janeiro de 2017


Para ganhar uma loteria é necessário muita sorte. Mas, muitas vezes, não é o suficiente. Organização e memória foram fundamentais para que Joemel Panisa deixasse o mundo das pessoas que, como eu e você, faz malabarismo com as finanças do dia-a-dia e ingressasse no seleto grupo dos milionários.


Panisa, morador do Estado do Oregon (EUA), ganhou US$ 1 milhão (cerca de R$ 3,2 milhões) em uma loteria chamada Mega Millions. O problema é que ele comprou o bilhete no dia 13 de janeiro do ano passado e o deixou guardado em uma gaveta.

No último dia 9, por causa de uma nevasca, o rapaz decidiu organizar suas coisas no escritório. Foi quando encontrou o bilhete dentro de um envelope. Panisa, então, se lembrou que havia visto no noticiário que ninguém teria ido buscar o prêmio da loteria do ano passado.

E não é que o bilhete premiado era justamente o dele? Por sorte, Panisa ainda podia ir buscar o prêmio. O prazo para resgatar seu milhão terminaria em 17 de janeiro. Depois dessa data, o dinheiro ia todo para um fundo de desenvolvimento do Estado.

É por isso que, às vezes, é importante dar uma organizada nas gavetas, no guarda-roupa, na escrivaninha... Vai que você é milionário e nem está sabendo disso.