+A +/- -A

Como deve ser o currículo de um Jovem Aprendiz?

Como deve ser o currículo de um Jovem Aprendiz?


Uma dificuldade comum para o jovem à procura do primeiro emprego é criar um currículo que seja atrativo e desperte o interesse do recrutador. É importante ter a mesma preocupação que um profissional com experiência no mercado na hora de elaborar o documento que serve como porta de entrada para as empresas.

Para compensar a falta de vivência corporativa, o jovem deve focar o conteúdo do currículo para as habilidades desenvolvidas durante o período de estudos, destacando as atividades que participou, além dos cursos voltados para a sua área de interesse. Isso vai ajudar o recrutador a lhe conhecer melhor e se interessar por você.


Confira também: 6 Dicas para se dar bem no novo emprego


Você deve começar o seu currículo com os dados pessoais e de contato: endereço, telefone e e-mail. Evite dados como documentos pessoais e características físicas. Em seguida, informe o seu objetivo profissional de forma clara e direta, evitando frases longas e desnecessárias. Lembre-se, o recrutador não tem tempo para ficar lendo currículos extensos, por isso seja o mais objetivo possível.

Informe o seu grau de escolaridade com a data de conclusão do ensino fundamental e previsão de conclusão para o ensino médio. Caso tenha fluência em algum idioma, insira esse dado juntamente com a instituição onde fez o curso. A informação seguinte deve ser a sua experiência profissional. Se você não tiver trabalhado ainda, destaque a sua participação em atividades voluntárias, por exemplo.

Para finalizar, caso ache necessário complementar o seu currículo, faça uma carta de apresentação com um resumo das suas principais atribuições, e diga por que você deveria ser contratado para o cargo pretendido. Na falta de experiência profissional do jovem, esse documento pode ser um diferencial interessante para o recrutador avaliar.